Bardo, classe

Ir em baixo

Bardo, classe

Mensagem por [Adm] Nimb em Qui Mar 26, 2009 3:08 am

Bardo

Custo: l
Restrições: nenhuma

Vantagens: recebe Artes gratuitamente; pode com-
prar Crime e Idiomas por apenas l ponto cada

Desvantagens: nenhuma

Pontos de Vida: Rx2
Pontos de Magia: Rx3

Arton é um mundo de grandes heróis, grandes
aventuras e grandes feitos. Essas histórias devem ser contadas.
Esse é o papel dos Bardos, os artistas supremos de Arton.
A profissão de Bardo está entre as mais respeitadas do
Reinado — pois, em uma sociedade sem comunicação a
longa distância, cabe a eles transmitir notícias de lugares
afastados. Também são eles que oferecem entretenimento
à população.
Acima de tudo, o Bardo é uma figura de carisma. Com
seu talento ele conquista a confiança de inimigos, derrete o
coração das damas e acalma as feras. Em aldeias e
vilarejos afastados das grandes cidades, a simples passa-
gem de um Bardo costuma ser motivo de festa. E comum
que eles sejam acolhidos em estalagens e casas de família,
recebam cama e comida, apenas em troca de algumas
boas canções ou histórias. (Isso é uma grande ironia,
levando em conta que Bardos têm habilidades muito
semelhantes às dos Ladrões.).
Bardos são lembrados como pessoas de boa aparên-
cia, em trajes elegantes, em geral trazendo consigo um
bandolim, harpa ou outro instrumento. Mas esse estere-
ótipo não é verdadeiro. QUALQUER tipo de artista
aventureiro será considerado um Bardo — desde a linda
dama élfica que comove os bárbaros com sua canção até o
malabarista de facas circense, passando pela odalisca do
deserto, o escultor anão, o bobo-da-corte...
Todo Bardo é um artista, mas nem todo artista é um
Bardo — apenas aqueles que decidem viver aventuras. Mas
por que um artista se tornaria um aventureiro? Os motivos
são variados. Muitos acompanham grandes heróis para
produzir obras sobre seus feitos, pois as mais poderosas
histórias de Arton são aquelas sobre grandes aventuras.
Outros tentam buscar inspiração em lugares distantes. E
outros ainda o fazem pelo puro prazer da aventura, a
emoção de desafiar monstros e vilões — uma emoção que
eles podem, mais tarde, transformar em obras de arte.
Todos os Bardos são abençoados e protegidos pela
deusa Tanna-Toh, sendo que matar um deles atrai terrível
má sorte sobre o criminoso. Em geral essa maldição ocorre
na forma de um redutor de -l em todos os testes, mas
existem rumores sobre coisas muito diferentes — desde
pequenas alterações corporais (chifres, cauda, manchas...)
até a perda de um dos sentidos, ou pior. A maldição só é
removida caso o Bardo seja ressuscitado.

_________________


Por que Khalmyr tinha que ser justo?

Justo um Idiota!!!

avatar
[Adm] Nimb

Número de Mensagens : 206
Data de inscrição : 18/03/2009
Localização : Reino de Nimb

Ficha de personagem
Pontos de Vida:
999999999/999999999  (999999999/999999999)
Pontos de Magia:
999999999/999999999  (999999999/999999999)
Experiencia:
999999999/999999999  (999999999/999999999)

Ver perfil do usuário http://tormenta.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum